25º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DE VISEU

25º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DE VISEU

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

sábado, 20 de outubro de 2012

CAUSA REAL APOIA O MOVIMENTO "CIDADANIA PELA MONARQUIA: MELHOR DEMOCRACIA!"

Os agradecimentos sinceros e reconhecidos na pessoa do Presidente da Causa Real, Senhor Dr. Luís D’Almeida Lavradio, pessoa que, conhecedora do nosso glorioso passado, entende o futuro como o caminho certo para reparar Portugal por intermédio de uma, da nossa, Monarquia Constitucional.

Registo com honra o seu imediato apreço e sensibilidade para esta iniciativa de cidadania pela nossa democracia, pela nossa Monarquia.


Viva Portugal! Viva a Monarquia! Viva o Rei!

Nota - O movimento aproxima-se da PRIMEIRA CENTENA DE APOIOS.

É o movimento que mais sobe no ranking dos 30’s primeiros…embora pudesse crescer a um ritmo mais célere. O movimento precisa de mais 800 apoios para passar à 2.ª fase. O que são 800 apoios em mais de 8.000 monárquicos aqui estabelecidos no facebook? Deixo este facto à V. superior consideração.

24.º lugar em 269 movimentos oficiais, próximo das 500 partilhas no facebook. Vamos traduzir essas partilhas em apoios!

DIVULGUEM NOS BLOGUES, TWITTER E FACEBOOK. APOIEM, VAMOS ACREDITAR!




CIDADANIA PELA MONARQUIA: MELHOR DEMOCRACIA
 
A base apartidária de um Rei/Rainha é a mais sólida magistratura de referência às instituições nacionais. Assim, em Monarquia, potenciava-se a Democracia.

Cerne = O Regime Monarquia meio de: Refundar a Democracia, em lógica de progresso civilizacional; Legitimar e afirmar o País; Recuperar a auto-estima nacional; Aproximação aos países mais desenvolvidos do mundo em IDH e Democracia; Poupar mais erário.

Clique aqui para apoiar: Governo de Portugal



Em 301 movimentos oficiais, este movimento de cidadania monárquica já reúne mais de uma centena de apoios e ocupa a 23.º posição dos mais populares no ranking.
 
 
Vamos sensibilizar Portugal para a Monarquia!

Sem comentários:

Enviar um comentário