MENSAGEM DE S.A.R. O SENHOR DOM DUARTE DE BRAGANÇA AOS PORTUGUESES

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

terça-feira, 29 de outubro de 2013

COMUNICADO DA DIRECÇÃO NACIONAL DA JMP



Relativamente aos insultos dirigidos ao presidente da república, a Direcção Nacional da JMP toma seguinte posição:

1. O passado político de Cavaco Silva, bem como a sua “colagem” a este Governo, são provas vivas de que a debilidade do regime republicano nunca esteve tão evidenciada. Um Chefe de Estado com um passado fortemente ligado aos partidos será sempre alvo de críticas por parte daqueles que não pertencem ao seu quadrante político, manchando a credibilidade do mais alto magistrado da Nação.

2. “O presidente de todos os portugueses” não pode pôr-se a jeito. Deve lembrar-se que jurou ser o presidente de todos, mesmo que isso seja naturalmente impossível.

3. O mais alto representante dos portugueses não pode estar sujeito a esta enxurrada de insultos, provenientes da esquerda à direita, uma vez que é a própria Pátria que se vê insultada.

4. A única forma de garantir a dignidade da Chefia de Estado reside na Instituição Real, herdeira da responsabilidade de representar os portugueses e a única detentora da independência e imparcialidade necessárias para o exercício desta função.

5. Nos últimos dias muito se tem ouvido falar em “presidência da república” e “subir na vida”. Pois bem, a JMP recorda que a Chefia de Estado nunca deve ser um lugar a atingir como prémio da ambição política desmedida. Esse factor é mais um que contribui para os insultos a que temos assistido.

A Direcção Nacional da JMP
Lisboa, 29 de Outubro de 2013


Sem comentários:

Enviar um comentário