A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

DOM DUARTE TINHA RAZÃO (4ª PARTE)

Pela quarta semana consecutiva, continuo a mostrar através de curtos excertos, provenientes ou de Discursos ou de Entrevistas de SAR O Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança, o quanto tinha razão o Herdeiro dos Reis que fizeram Portugal.

De facto, O Senhor Dom Duarte de Bragança foi preparado desde a sua infância para assumir um dia a Chefia de Estado em Portugal. Herdeiro directo e Sucessor Legítimo do Trono de Dom Afonso Henriques, hoje podia efectivamente ser o Rei que os Portugueses tanto precisam. Todos os Príncipes Herdeiros aprendem a conhecer os seus países, os seus povos, as suas culturas, as suas tradições, mentalidades, e todas as necessárias especificidades a nível de políticas públicas macro ou micro económicas. Cada vez mais se comprova, que só um Rei conhece efectivamente bem o seu País; e só o Rei pode com esse amplo conhecimento partilhar as suas preocupações e anseios do próprio Povo, junto do Primeiro-ministro e Governo. 

Mensagem do 1 de Dezembro de 2005:

“Durante este ano, no território continental e nas regiões autónomas, visitei numerosos concelhos, quer a convite das autoridades locais, quer das Reais Associações e outras personalidades. Vi progressos económicos que, infelizmente, nem sempre respeitam essas outras riquezas que são o nosso património natural e arquitectónico. Mas também tive a oportunidade de ver que o Estado gasta parte dos nossos recursos em obras de luxo de país rico, enquanto continuamos a ter um nível de desenvolvimento humano próximo de alguns países, com os quais não gostaríamos de nos comparar. Não podemos gastar como se fossemos um país do «Primeiro Mundo» e ter uma formação, uma educação e um estilo de vida próximo do «Terceiro Mundo». Ou seja, gastamos como ricos e trabalhamos como os países pobres, de uma maneira desorganizada e com falta de planificação.”

Dom Duarte tinha razão em 2005. Há praticamente 8 anos. Ainda antes da crise financeira!

Português, tu ouviste? Não? Fizeste mal! Mas ainda vais a tempo!

Publicado por David Garcia em Plataforma de Cidadania Monárquica

Sem comentários:

Enviar um comentário