A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

PRIMEIRAS IMAGENS DA VISITA DE S.A.R. O SENHOR DOM DUARTE A OVAR

Padre Bastos, Abade de Ovar; Dr. Álvaro Ribeiro; Eng. Salvador Malheiro, Presidente da Câmara de Ovar e S.A.R.


António Mota

Quinhentos anos após D. Manuel I ter outorgado a Carta de Foral de Ovar, a cidade evoca a memória da data com a visita de D. Duarte Pio, Duque de Bragança, numa sessão de comemoração da passagem de cinco séculos sobre este reconhecimento feito a Ovar.


acima
No dia em que Ovar assinalou os 500 anos dos seus forais Manuelinos, D. Duarte Pio deixou palavras de alento para os que sofrem com o avanço do mar.

Foi a 10 de fevereiro de 1514 que o Rei de Portugal, D. Manuel I, cognominado “O Venturoso”, outorgou a Carta de Foral de Ovar, tendo, no mesmo ano, a 02 de Junho, outorgado o foral do Concelho de Pereira Jusã, extinto no século XIX, e definindo o Couto de Cortegaça. Passaram, ontem, exactamente, 500 anos, e a Câmara Municipal de Ovar não deixou de assinalar a efeméride comissariada por Dom Duarte Pio, Duque de Bragança. O pretendente ao trono português mostrou-se “profundamente emocionado” com o convite para participar na sessão da Câmara vareira que representa “um povo que sabe cuidar e preserva as suas raízes, conseguindo resistir a todas as tentativas de destruição que pairam sobre elas”.
 
 Eng.º Fábio Reis Fernandes, presidente da Real Associação da Beira Litoral
 

Sem comentários:

Enviar um comentário