A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

terça-feira, 8 de abril de 2014

ASSINATURA DO PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO "PRÉMIO PRÍNCIPE DA BEIRA À INVESTIGAÇÃO E CIÊNCIA"

  Foi um dos mais ricos conventos de Guimarães, instituído no séc. XVI pelo Cónego Mestre Escola da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira, Baltasar de Andrade. Edifício de fachada barroca, tem ao centro a escultura de Santa Clara. O claustro de dois pisos é de tipo clássico. A sua riquíssima capela foi esvaziada no séc. XIX encontrando-se, hoje, parte das talhas douradas no Museu Alberto Sampaio.
Neste edifício está instalada a Câmara Municipal de Guimarães.
 
Dr. Braga da Cruz, Dr. José Maria Cameira e Dr. Luís Damásio
 
Dr.ª Ana Maria Príncipe
 
Arq. José Bastos
 
Dr. Domingos Bragança, presidente da Câmara municipal de Guimarães, acompanhado pelo Conde de Calheiros, Eng. Francisco Calheiros, receberam SS.AA.RR. os Duques de Bragança.
 
Chegada de Suas Altezas Reais à Câmara Municipal de Guimarães.
 
O vereador Dr. Ricardo Costa recebe Suas Altezas Reais
 
SS.AA.RR. o Senhor Dom Duarte e Dom Afonso recebidos pelo presidente da Câmara Municipal de Guimarães.
 
O Infante D. Dinis é cumprimentado pelo Dr. Domingos Bragança
 
O Senhor Dom Duarte cumprimenta os presentes
 
A Câmara Municipal de Guimarães, a Universidade do Minho e a Fundação D. Manuel II assinara um protocolo de cooperação para estabelecer o “Prémio Príncipe da Beira à Investigação e Ciência”.
O prémio, no valor de 15 mil euros, reconhecerá anualmente um plano de trabalhos a realizar por um(a) investigador(a), de nacionalidade portuguesa ou estrangeira, incluindo estudantes oriundos dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPS) e com idade inferior a 40 anos.
Visa igualmente promover o apoio à investigação básica e translacional na área das Ciências, contribuindo para o desenvolvimento de terapias avançadas, além de impulsionar o desenvolvimento de uma nova geração de investigadores multidisciplinares com formação focada nas áreas de Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa, entre outras.
 
“A excelência da investigação” mereceu a atenção de D. Duarte, registando que é o primeiro protocolo deste género realizado pela Fundação D. Manuel II.
 
S.A.R. A Senhora Dona Isabel de Bragança
S.A.R. o Senhor Dom Afonso, Príncipe da Beira
S.A.R. com o presidente da Câmara Municipal de Guimarães
 
A equipa da TV Monarquia que fez possível esta cobertura: José Peres Bastos, César Braia, Hugo Pinto, Fábio Reis Fernandes e Manuel Beninger.

Sem comentários:

Enviar um comentário