28.º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DO PORTO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

segunda-feira, 14 de abril de 2014

PROSCRITOS - DURA LEX SED LEX


"(...)os actos das côrtes de Lamego, que, se são apócrifas debaixo do ponto de vista histórico, tiveram força legal, por serem recebidos como direito político da Nação nas côrtes de 1641, que reconheceram como rei legítimo a D. João IV.",

Tomando em consideração o estipulado nessas Cortes:


(...) Os nobres se fugirem da batalha, se ferirem algûa molher com espada, ou lança, se não libertarê a el Rey. Ou a seu filho, ou a seu pendão com todas suas forças na batalha, se derem testemunho falso, se não falarê verdade aos Reyz, se falarem mal da Rainha, ou de suas filhas, se se forê para os Mouros, se furtarem as cousas alheas, se blasfemarem de nosso Senhor Iesu Christo, se quiserem matar el rey,

não sejão nobres, nem elles, nem seus filhos para sempre. (...)"


Guilherme Koehler

Publicado no Grupo “A BANDEIRA BRANCA”


Sem comentários:

Enviar um comentário