28.º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DO PORTO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quarta-feira, 2 de julho de 2014

HOMENAGEM A SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN


Casa Andresen - actual Jardim Botânico do Porto
Vista aérea da praia da Granja, em Gaia, Porto

Sophia de Mello Breyner Andresen é hoje transladada para o Panteão Nacional. Um vulto da literatura portuguesa do século XX, que para além da qualidade da sua obra escrita se sobressaiu na luta pela liberdade enquanto monárquica e democrata.
Não podiamos deixar de lhe prestar esta homenagem ou não tivesse passado a sua infância na Casa Andresen, no Campo Alegre ou mesmo nas praias da Granja em Vila Nova de Gaia que tanto a inspiraram.


Decorrem hoje em Lisboa as cerimónias de trasladação da grande escritora Sophia Mello Breyner Andresen, que se distinguiu, para lá da sua extraordinária obra poético-literária, pela sua intensa actividade cívica, na luta pela liberdade no seu País como monárquica democrata. Que esta homenagem saliente a completa dimensão e grandeza de Sophia. De Portugal.
 
 Decorrem hoje em Lisboa as cerimónias de trasladação da grande escritora Sophia Mello Breyner Andresen, que se distinguiu, para lá da sua extraordinária obra poético-literária, pela sua intensa actividade cívica, na luta pela liberdade no seu País como monárquica e democrata. A propósito da agenda e nomeadamente da missa por sua  alma que será celebrada pelo patriarca de Lisboa mais logo às 17,00 na capela do Rato, não foi sem estranheza que esta manhã nas notícias pela rádio, em modos de justificação, ouvi ser referido que a escritora era católica "mas de esquerda". Pena que tanta miopia não deixe alguns ver a verdadeira dimensão de Sophia. Que é de Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário