28.º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DO PORTO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

domingo, 16 de novembro de 2014

A HISTÓRIA É INCONTORNÁVEL



O Azul & Branco confunde-se com a História da Nação e não se pode passar uma borracha na História de uma Nação…
 
São já oito séculos de idade física e espiritual, em que o Azul & Branco nos acompanhou desde a chegada desse Conde da Borgonha que foi Pai do Rei que foi Pai da Pátria. Uma Nação, pois, com grande linhagem nos Antepassados, e a realidade da Monarquia reapresenta-se, hoje, não como mera possibilidade, mas a verdadeira solução para o entrave à evolução histórica e da Nação que é o actual regímen.
 
“- Tempos bons! Bons tempos esses, em que os vassalos não mentiam, pelo sufrágio, aos Chefes da Nação e em que os Reis, só a verdade diziam aos vassalos; mas fartaram-se estes da quezilenta companhia (a mentira é muito mais gostosa!) e mandaram a Verdade para o ostracismo, como coisa antiquada; mas essa coisa, real e verdadeira, - não podia existir sem a Realeza, nem a Realeza sem a Verdade e, pelo exílio Se ficaram, enquanto a jovial mentira fazia as delícias de um século…”, escreveu magistralmente o 2.º Conde de Alvellos.
 
É necessário, Alguém com a força miraculosa de um princípio para chefiar a Nação, esse só pode ser por propriedade do direito natural um Rei! Síntese da História da Nação, o Rei torna-se num Ideal! Um Ideal de Vencer!
 
Parabéns, Portugal Azul & Branco!

Miguel Villas-Boas - Plataforma de Cidadania Monárquica
 

Sem comentários:

Enviar um comentário