COMUNICADO DA CASA REAL PORTUGUESA

COMUNICADO DA CASA REAL PORTUGUESA

LEI DO PROTOCOLO DO ESTADO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

segunda-feira, 20 de julho de 2015

BOAS FÉRIAS, MONÁRQUICOS!

Foz Praia Rei D. Manuel II Ourigo

Em 1908, aquando da Sua Visita ao Norte do Reino, Sua Majestade Fidelíssima El-Rei Dom Manuel II de Portugal descerrou a placa numa praia da Foz do Douro, no Porto, que ficou baptizada como Praia Rei D. Manuel II; ulteriormente, com a funesta implantação da república, foi renomeada de Praia do Ourigo. Mudaram-se os nomes como se isso bastasse para se mudarem as memórias. Fica a reminiscência toponímica e, também, a recordação da praia engalanada para o evento!

Não menos na pena, do que os nossos antepassados fizeram com a espada, temos ajudado a erigir, ao longo do nosso já extenso rol de artigos, o edifício da Monarquia que há-de chegar, para que esta não seja lançada com grande peso em cena, como uma obra rápida à qual falta cuidado e sustentação. É um trabalho duro, mas, também, Hércules diante de Anteu se viu a braços com uma pesada tarefa, pois o gigante estava ligado à terra. Ora então, Hércules arrancou Anteu à terra e venceu-o desse modo.

É facto consumado que o actual regime caducou: «Pirliteiro dá pilritos, a mais não é obrigado!» Para além de quem dele beneficia e retira modo de vida, já ninguém se revê neste Estado das Coisas republicano. Ensimesmados, cedem-se à vez e regozijam pelo que não são.

A Monarquia não é apenas uma especulação teórica, mas uma ideia que já é concreta face à realidade; a Monarquia é para nós uma convicção e apresenta-se não como mera possibilidade, mas a verdadeira solução para o entrave à evolução histórica da Nação que é o actual regímen.

Avancemos, sequiosos das glórias passadas, mesmo contra as vagas que teimem marulhar, pois temos o legítimo representante de um passado enorme; aceleremos filhos dilectos desta Terra que é Portugal! Remem que as ondas começam a alegrar-se e a ideia do Rei faz nossas forças aumentar. O fado ruim está prestes a esboroar-se e vem o Rei através da Dinastia que foi afastada, mas não quebrada!

A Plataforma de Cidadania Monárquica passará, em altura de Férias de Verão – porque muitos dos nossos seguidores e monárquicos em geral, assim como outras pessoas que não o sendo têm a bondade de apreciar os nossos artigos, se encontram já em vilegiatura -, a publicar esporadicamente.

BOAS FÉRIAS!

Miguel Villas-Boas – Plataforma de Cidadania Monárquica

Sem comentários:

Enviar um comentário