A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

"REINO DE PORTUGAL"


Da Reflexão, considero primordial a necessidade de um modelo criativo que transforme o regime republicano, no sentido de valorizar mais as pessoas, as famílias, a sociedade e a dignidade da pessoa humana.

É preciso transformar o mundo em que vivemos e oferecer uma alternativa mais credível aos cidadãos através do regime monárquico, constitucional e parlamentarista.

É olhando o mundo com "outros olhos" e agindo de forma diferente que se poderá deixar de ter uma cultura excessivamente materialista, adoptando uma visão de um mundo novo e fresco, mais centrado na pessoa humana e nos valores da família.

A "Boa Notícia" é que não teremos que aceitar ad aeternum o actual regime republicano que nos é imposto, baseado no puro egoísmo e absoluto materialismo.

Podemos enveredar pelo Caminho alternativo, que valoriza e engrandece a identidade nacional, a cultura, as tradições e os costumes, a dignidade da pessoa humana, os valores da família e da sociedade, em torno de uma organização colectiva mais justa, equitativa e solidária.

"A Unidade é a maior força, agora e para sempre".

Quando descobrirmos a verdadeira essência do Reino, viveremos mais felizes e uma vida melhor.

O Reino de Portugal era a denominação de Portugal sob a governação de um regime monárquico.

Viva o Regime Monárquico, Democrático, Constitucional e Parlamentarista

Viva a Família Real Portuguesa
Viva o REI
VIVA PORTUGAL

Artigo de Opinião de António Martins Mendes
 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário