MENSAGEM DE S.A.R O SENHOR DOM DUARTE DE BRAGANÇA AOS PORTUGUESES

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

sábado, 2 de julho de 2016

FOTOGRAFIAS DA VISITA DA FAMÍLIA REAL AO MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO


Numa organização da Real Associação da Beira Litoral, a Família Real Portuguesa visitou na passada quarta-feira, dia 29 de Junho, a Cidade de Ílhavo onde foi recebida pelo Presidente da Câmara Municipal, o Eng.º. Fernando Fidalgo Caçoilo, para uma visita guiada ao afamado Museu Marítimo de Ílhavo, o maior museu municipal do país e o mais visitado dos museus fora de Lisboa e Porto.


“Uma casa de cultura do mar, que reserva lugar de grande destaque às grandes epopeias vividas pelos portugueses na pesca do bacalhau, nos mares longínquos da Terra Nova e da Gronelândia”.
- Jornal Público


Além do museu propriamente dito o complexo é constituído pelo seu admirável Aquário de bacalhaus, pelo antigo arrastão bacalhoeiro o Navio-Museu Santo André e pela Unidade de investigação e empreendedorismo (CIEMar-Ílhavo).





"Sem memória não há cultura e, realmente, como, infelizmente, muitas vezes - às vezes positivamente, outras vezes o contrário -, a realidade vai mudando muito depressa, e os povos hoje são muito sujeitos à lavagem cerebral das televisões, e dos computadores, e acabam muitas vezes por esquecer a própria memória, então este Museu é fundamental para todos os portugueses, para perceberem que uma grande parte da nossa prosperidade, da nossa História, esteve ligada ao mar e à pesca, e sobretudo à pesca mais difícil de todas, que foi a pesca do bacalhau.»

- S.A.R. O Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança

Dr. Álvaro Garrido, director do Museu Marítimo de Ílhavo, Suas Altezas Reais e o Eng.º. Fernando Caçoilo, Presidente da Câmara Municipal de Ílhavo


























Sua Alteza Real o Senhor Dom Afonso, Príncipe da Beira, com os presidentes das Reais Associações de Viseu, Beira Litoral e Coimbra, as Reais do "Principado da Beira"













Sem comentários:

Enviar um comentário