Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Rainha de Portugal - Dia da Mãe

Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Rainha de Portugal - Dia da Mãe

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

FOI ASSIM O PRIMEIRO DIA DA ACADEMIA DE VERÃO DA JMP


Sexta-feira, dia 16 de Setembro de 2016

1º dia da Academia de Verão da Juventude Monárquica Portuguesa na Quinta da Subserra em Vila Franca de Xira.
O Dia começou com a Credenciação dos Jovens Monárquicos que iriam participar nesta Academia. 


Pelas 11h foram dadas as Boas-vindas pela COAV na pessoa do Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Jorge De Seabra Leite-Pereira, que nos falou sobre o funcionamento interno da JMP.

O 1º Painel foi sobre as "Histórias e Estórias ....." da Causa Real e da JMP. 

O Dr. João Mattos E Silva abriu o Painel falando sobre o movimento Monárquico após 1910, durante o Estado Novo e após o 25 de Abril, frisando os momentos e acontecimentos à volta da criação da Causa Monárquica e mais tarde da Causa Real e das respectivas Reais Associações. 

Após a sua magnifica intervenção, que entusiasmou todos os Jovens presentes com as suas Estórias da História desta nossa Causa Real, seguiu-se o Mestre em História o Dr. Joel Moedas-Miguel , ex-dirigente da Juventude Monárquica de Lisboa e mais tarde responsável pelo centro de estudos Príncipe Luís Filipe da JMP, que nos falou da História da Juventude Monárquica Portuguesa.

Após o almoço tivemos um Whorkshop "Aprender a Debater": Speak and Lead (comunicação e Liderança).
Fechámos o dia com um Quizz e foi aberto um espaço para debate entre equipas dos jovens participantes.




































UM TESTEMUNHO


No rescaldo da Primeira Academia da Juventude Monárquica Portuguesa, na qual tive a honra de participar gostaria de fazer o balanço do que foi a minha experiência.

Primeiramente, informar os mais distraídos que a Monarquia não está extinta em Portugal! Ela vive nos que a defendem. Pode demorar 1 a 1000 anos, mas quem acredita sempre alcança!

Durante 3 dias tive o prazer de conhecer pessoas extraordinárias. E E de fortalecer lanços de amizades de longa data.

Vi e convivi com jovens com qualidades muito raras, nos dias que correm. Que não vivem na sombra dos seus antepassados e que não têm medo de defender os seus ideais e a coragem de lutar por eles!

Todos Vocês foram essenciais para esta Academia, que venha a segunda! Sem medos!

Sem entrar em favoritismos queria destacar algumas personalidades:

Constança Abelaira Marques e ao Luís Falcão Lamas, pela preciosa ajuda e amizade!

À minha querida e eterna Carminho Pinheiro Torres! Tudo é possível contigo, Carminho!

Ao Nuno De Albuquerque Gaspar, por todo o seu trabalho incansável! Que faz sempre o trabalho de bastidores para todos nós ficarmos lindos nas fotografias! Obrigada, Nuno!

Ao Diogo Tomás Pereira, por acreditar na Juventude Monárquica Portuguesa e nunca desistir de nós!

Ao André Lopes Cardoso e à Margarida, por estarem sempre lá!

Aos meus heróis e salvadores da pátria que tiveram a paciência de me aturar Guilherme Sanches de MirandaAntónio Maria Saldanha Diogo Bernardo Moura, Pedro CL e Miguel Monteiro Marquito.

Aos meus meninos Afonso, David Luís de Mendonça e ao Daniel!

As minhas princesas Teresa e Sara!

À Patrícia Lencastre, por ter acreditado nós!
Ao Carlos Cambey Galante, Rei da festa! E Mestre da Pastelaria Portuguesa! ;)

Ao Francisco Rodrigues Dos Santos, presidente da Juventude Popular por ter aceitado o nosso convite e nos ajudar a crescer enquanto pessoas! E à única e extraordinária Inês Vargas, por ter estado presente. Obrigada, pela tua amizade!

E por fim e não menos importante ao meu companheiro de todas as horas Jorge De Seabra Leite-Pereira!

Muito obrigada, a TODOS!

Viva ao Rei! Viva Portugal!

Marta Catarina Pereira





Sem comentários:

Enviar um comentário