Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Rainha de Portugal - Dia da Mãe

Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Rainha de Portugal - Dia da Mãe

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

FOTOGRAFIAS DA HOMENAGEM A EL-REI DOM MIGUEL I, EM LANHESES




























TESTEMUNHOS:

Após a realização do evento impõe-se fazer o balanço do acontecimento. Foi um momento sublime de grande intimismo e de interioridade. Na verdade há momentos na vida que são autênticos marcos. Este em particular foi um grande momento e ficará marcado na alma daqueles que connosco o tornaram real. A história faz -se de grandes homens e de grandes momentos este foi um momento de oração, culto e de tributo com uma dignidade ímpar. Muito Obrigada Lourenço de Almada pelo arrojo e pela dignidade com que concebeu este evento que permitiu um encontro de pessoas que respeitam a história e a fazem manter-se viva. Um abraço muito amigo e sentido pela partilha que permitiu que acontecesse e pela "entrega" da Capela do Paço de Lanheses ao seu fim último e primeiro o do culto, da oração e do encontro com o nosso eu interior mais profundo da forma mais bela. Foi muito bom estar convosco. Que as portas da Capela se abram regularmente e que a oração tenha lugar cativo, pois o Senhor da Cana Verde, o Senhor da Paciência espera com resiliência a conversão, a disponibilidade e humildade daqueles que correm sem saber para onde, num mundo que nem sabe para onde vai. A oração é ela em si mesma a definição mais firme de um caminho. Ouse parar, ouse orar e escute o seu coração o caminho definir-se-á com clareza e consistência. Ponha o melhor de si no mundo e o retorno será brutal. Parabéns Lourenço Almada mais uma vez. Admiro -te muito pela tua humildade, autenticidade e altruísmo essas são as tuas maiores virtudes. Não mudes nunca porque o mundo precisa de pessoas assim guardiãs de valores maiores e protagonistas de momentos de afecto com valor e firmeza.


Foi na verdade um momento muito especial. A Santa Missa, celebrada pelo Senhor Padre Jesuíta Fernando António, revestiu-se de uma interioridade que a todos e éramos mais de 40, ( numa noite de segunda feira, fria, de Novembro e em Lanheses, não em Lisboa ou Porto, o que diz muito sobre a devoção dos presentes, ou sobre o carisma do dono da casa que nos convidou) encheu o coração. Muito obrigada Lourenço, foi um privilégio termos assistido a este dia e a esta Missa tão especial.


Nem sei o que dizer .. pois na verdade foram vocês, as pessoas presentes, que o conseguiram Foi o grande respeito que elas têm, pelo lugar e pelo momento, que nos deram toda essa solenidade, maturidade e bem estar que aconteceu de facto, Bem hajam e um grande obrigado.

Lourenço Almada

FOTOGRAFIAS:


Sem comentários:

Enviar um comentário