UMA SANTA PÁSCOA PARA TODOS!

UMA SANTA PÁSCOA PARA TODOS!

LEI DO PROTOCOLO DO ESTADO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

sexta-feira, 31 de março de 2017

HOJE EM LEIRIA: CONVITE PARA LANÇAMENTO DE LIVRO




No próximo dia 31 de Março (sexta-feira), pelas 17.30 horas, no Arquivo Distrital de Leiria, decorrerá o lançamento de mais uma importantíssima obra patrocinada pelas Fundações D. Manuel II e Oureana:

Trata-se pela primeira vez do rol completo de todos os "Abades Perpétuos, Comendatários e Trienais da Real Abadia de Santa Maria de Alcobaça e Gerais da Congregação".

Fundação Histórico - Cultural Oureana

quinta-feira, 30 de março de 2017

REAL DE LISBOA PROSSEGUE COM OS ROTEIROS REAIS NO BAIRRO ALTO


No dia 8 de Abril às 10:00 prosseguem os Roteiros Reais da Real Associação de Lisboa, e desta feita o nosso associado Dr. Joel Moedas-Miguel, licenciado em História, irá guiar-nos por um passeio no Bairro Alto, entre a Igreja de São Pedro de Alcântara e o Convento dos Cardaes para nos falar das famílias Távora e Marialva.

O custo é de 15,00 euro por pessoa e o ponto de encontro é no Miradouro de São Pedro de Alcântara.

No século XVII, após a Restauração da Independência, duas das mais poderosas e influentes famílias da época, Távora e Marialva, vão mandar construir dois conventos numa área da cidade que então começa a ganhar um novo dinamismo: o Bairro Alto. São Pedro de Alcântara e Cardaes para além de duas casas dedicadas a Deus, vão ser duas construções de afirmação social e política. Venha descobrir estas e outras histórias destas famílias que serviram Portugal e a Coroa, destes conventos e desta área de Lisboa e apreciar a sua enorme beleza artística.

Para mais esclarecimentos e inscrições contacte-nos através do endereço secretariado@reallisboa.pt, pelo telefone 21 342 81 15 ou presencialmente na nossa Sede nos horários habituais.

Contamos consigo!

A Direcção
Real Associação de Lisboa
Praça Luís de Camões, 46 2° Dto
1200-243 Lisboa
Tlf.: (+351) 21 342 81 15

Horário de atendimento: segunda a quinta-feira das 15:00 às 17:30, sexta-feira das 10:00 às 12:45


Real Associação de Lisboa

quarta-feira, 29 de março de 2017

TRISTE COMUNICADO: JORGE CARLOS NOGUEIRA D’ ALCÂNTARA CARREIRA (1936-2017)

Foto de Associação dos Autarcas Monárquicos.

A APAM - Associação Portuguesa dos Autarcas Monárquicos, apresenta as mais sentidas condolências à família do Eng.º Jorge Carlos Nogueira de Alcântara Carreia, nosso Conselheiro Honorário da APAM.

Após o 25 de Abril de 1974, foi Conselheiro Nacional e Político do PPM (Partido Popular Monárquico) e dirigente da Aliança Democrática (PSD/ CDS/ PPM) no Norte. Sempre pelo PPM, foi deputado na Assembleia Municipal do Porto (1980-1985) e Presidente da Assembleia de Freguesia de Paranhos.

Nas últimas eleições autárquicas foi Mandatário do Partido Popular Monárquico na coligação PORTO FORTE.
 
Em 1993, recebeu a Cruz de Mérito da Causa Monárquica, no Grau de 'Cruz de Mérito com Placa'.

O Velório será amanhã a partir das 12h00 na Igreja Paroquial de Paranhos, Porto. O Funeral será na sexta-feira, dia 31 de Março, às 10h00, no mesmo local, seguindo a cremar no Crematório de Paranhos.

Que descanse na Paz eterna.
... 29/03/2017

A Direcção da APAM

DUQUESA DE BRAGANÇA PRESENTE NUM ALMOÇO EVOCATIVO DO "DIA DA MULHER"

D. Isabel de Bragança: 

É importante relembrar que, apesar de teremos conseguido muitas coisas, ainda há um longo caminho pela frente para percorrer. Temos que saber que a mulher e o homem se complementam. Não há uma luta, há um trabalho de equipa. Devemos lutar pela dignidade e pela posição da mulher na sociedade, mas não fazer disso uma batalha ou entrar por caminhos negativos”



ASSUNÇÃO CRISTAS PROMOVE CONVERSAS NO FEMININO EM ALMOÇO DE MULHERES

Nessa data assinalava-se o Dia da Mulher e Assunção Cristas não quis perder a oportunidade de promover uma conversa entre cerca de 30 mulheres com influência nas mais diversas áreas de actividade da sociedade portuguesa. “Achei que era uma boa maneira comemorar este dia, convidar mulheres que se destacaram, que se notabilizaram nas suas diversas áreas, para conversarem um bocadinho sobre a realidade lisboeta”, explicou a líder do CDS-PP antes de ter início o almoço, que decorreu no restaurante Zambeze, em Lisboa, e no qual foi debatida a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres. É importante relembrar que, apesar de teremos conseguido muitas coisas, ainda há um longo caminho pela frente para percorrer. Temos que saber que a mulher e o homem se complementam. Não há uma luta, há um trabalho de equipa. Devemos lutar pela dignidade e pela posição da mulher na sociedade, mas não fazer disso uma batalha ou entrar por caminhos negativos”, afirmou, na ocasião, D. Isabel de Bragança. Uma opinião partilhada por Luísa Castel-Branco“Ainda falta fazer muita coisa e vamos só falar de Portugal... Falta ser obrigatório as mulheres ganharem o mesmo que os homens, haver o mesmo respeito, às vezes em pequenas coisas. Quando ouço que o marido ajudou em casa, isto não é ajuda, é partilha. A boa notícia é que as novas gerações têm uma postura francamente diferente”, sublinhou a jornalista e comentadora da SIC CARAS.






Fonte: Caras

terça-feira, 28 de março de 2017

AMANHÃ: ROMAGEM ÀS ALMINHAS DA PONTE NO CAIS DA RIBEIRA (PORTO)

Foto de Irmandade das Almas de São José das Taipas.

ESTA QUARTA-FEIRA - ROMAGEM ÀS ALMINHAS DA PONTE
CAPELA DA LADA - CAIS da RIBEIRA 
(junto ao tabuleiro da ponte D. Luís)

21h30m - Celebração de Exposição e Bênção do Santíssimo;
22h15m - ROMAGEM ÀS ALMINHAS da PONTE

CONTAMOS COM A VOSSA PRESENÇA e ORAÇÃO.

sábado, 25 de março de 2017

21º ANIVERSÁRIO DE S.A.R. O SENHOR DOM AFONSO DE SANTA MARIA, PRÍNCIPE DA BEIRA


SUA ALTEZA REAL O AUGUSTO E SERENÍSSIMO PRÍNCIPE Dom Afonso de Santa Maria Miguel Gabriel Rafael, 9º príncipe da Beira e por mercê d'El Rei D. Sebastião I, 20º duque de Barcelos, nasceu a 25 de Março de 1996.

S.A.R., Dom Afonso de Bragança, ao celebrar neste dia 25 de Março o seu 21º aniversário, enche o coração de Portugal de esperança, de alegria e de confiança num futuro promissor pela qual todos nós Portugueses sonhamos.

Desejamos ao nosso Príncipe Real  as maiores felicidades, muita saúde, alegria e paz na companhia da nossa Bem-Amada Família Real, no mais belo exemplo de União e Tradição. Que Deus o guie e ilumine naquela que desejamos seja uma longa vida cheia de sucesso.


VIVA SUA ALTEZA REAL DOM AFONSO, PRÍNCIPE REAL!



A Real Associação da Beira Litoral envia votos de Feliz Aniversário ao nosso príncipe. Que tenha sempre muita felicidade, saúde, paz, alegria e que todos os Seus desejos se realizem.
 
Que Deus O proteja e guarde.
VIVA O PRÍNCIPE DA BEIRA!
  VIVA A FAMÍLIA REAL PORTUGUESA!

VIVA PORTUGAL!

http://images-cdn.impresa.pt/caras/2016-04-19-JNS-PB36-2.JPG?mw=820



Foto de Juventude Monárquica Portuguesa.


sexta-feira, 24 de março de 2017

A DEMOCRACIA COROADA



É em Monarquia que a Democracia se realiza mais intensa e profundamente.
De resto, 7 dos 10 Países com Maior Índice de Democracia são Monarquias Constitucionais, com a Noruega em 1.º lugar, seguida da Suécia em 2.º, a Nova Zelândia em 4.º e da Dinamarca em 5.º – só para citar alguns exemplos.
Já das 135 repúblicas que existem no Mundo, apenas 53 são democracias, pelo que república está muito longe de ser sinónimo de democracia.
Assim, a Monarquia como se pode verificar com as grandes democracias contemporâneas que adoptam como regime a Monarquia Constitucional é inteiramente conciliável com a Democracia, aliás é em Monarquia que a Democracia se aperfeiçoa, pois um Rei preserva e eleva a democracia e anula qualquer tentativa negativa de poder. Como resalvou o Imperador Austro-Húngaro Francisco José I:
‘A função do Monarca é defender o Povo dos maus políticos.’
Como expôs Sua Majestade o Rei Carlos XVI Gustavo da Suécia, num dos seus discursos:
‘A democracia e a Monarquia fortalecem-se uma com a outra, há uma colaboração estreita. A Monarquia é uma instituição estável e apolítica, vai além de todas as mudanças políticas, representa a história e a tradição’.
A sucessão hereditária não é um óbice à Democracia mas, ao invés, ainda a potencia uma vez que a sucessão hereditária garante uma legitimidade que é a independência face ao poder político que nenhum outro chefe de Estado possui.
De facto, uma coisa só é superada quando se actua de modo a que tal coisa forme com o seu contrário uma unidade: é a tese e a antítese hegeliana. Para haver uma anulação de uma força negativa política tem que haver uma força positiva capaz de a contrabalançar. Num regime político só um Rei tem essa energia e consegue de forma perfeita acentuar essa determinação positiva evitando a ascensão de ditadores.
É necessário pois, também no nosso País… Coroar a Democracia!

quinta-feira, 23 de março de 2017

MONÁRQUICOS PORTUGUESES NO REINO UNIDO DIVULGAM PETIÇÃO PÚBLICA

Foto de TV Monarquia Portuguesa.

Foto de TV Monarquia Portuguesa.

O locutor Herlander Cunha, da Radio Lusofonia de Londres, que pertence aos Monárquicos Portugueses no Reino Unido, do nosso amigo António Delfim Merces, divulgou na sua emissão matinal até às 12h00m, a petição pública em curso sobre o Protocolo de Estado de SAR o Senhor Dom Duarte Pio de Bragança.
Agradecemos muito.
Viva o Rei!

TV Monarquia Portuguesa 

quarta-feira, 22 de março de 2017

AINDA A PROPÓSITO DA INCLUSÃO DO DUQUE DE BRAGANÇA NO PROTOCOLO DO ESTADO

Foto de Real Associação de Viana do Castelo.


Ainda a propósito da Inclusão do Duque de Bragança na Lei do Protocolo do Estado

“O protocolo bem sucedido é aquele que não é visível, que consegue disciplinar as cerimónias oficiais sem que se torne notada ou mesmo aparente a sua intervenção. O protocolo ideal, é aquele que não se vê nem se ouve.”
José Calvet de Magalhães 

Qualquer país têm um ou mais serviços de cerimonial e Portugal não foge à regra. O cerimonial do Estado está concentrado no Serviço de Protocolo, dirigido pelo Chefe do Protocolo do Estado e em Portugal encontra-se regulado pela Lei nº 40/2006 de 25 de Agosto – “Lei das Precedências do Protocolo do Estado Português”.

Então o que é o Protocolo de Estado?

Pode-se entender por Protocolo de Estado, o conjunto de regras de funcionamento e procedimentos a aplicar em cerimónias e eventos onde se encontram representados os Chefes de Estado de um país, Região, autarquias, etc.

Ou seja, são as regras de ordenação de precedências de determinadas individualidades nos actos oficiais em que se encontram, pelo que é sempre muito importante saber quem preside a uma determinada cerimónia; quem se senta ao lado de quem, etc.

O objectivo do protocolo de Estado é evitar situações de ignorância, de não saber o que fazer na presença de determinada personalidade.

Como é do conhecimento geral, o Duque de Bragança, D. Duarte Pio, como descendente e representante dos Reis de Portugal, é muitas vezes convidado a participar em eventos oficiais, do Governo, da Presidência da República, Autarquias locais, etc., e apesar de a sua pessoa não estar incluída no Protocolo de Estado, as entidades promotoras conferem-lhe habitualmente um tratamento de particular respeito.

No sentido de se evitarem situações embaraçosas, quer para quem convida, quer para quem é convidado, um grupo de cidadãos portugueses, achou por bem levar a cabo uma petição para a Inclusão do Duque de Bragança na Lei do Protocolo do Estado.

Importa esclarecer que qualquer pessoa incluída no Protocolo do Estado, não tem qualquer benefício financeiro por esse facto, pois a sua inclusão na lista de protocolo não dá direito a qualquer remuneração ou subvenção estatal, seja como forma de incentivo, patrocínio ou ajuda de custo.



Se ainda não assinou, por favor faça-o aqui:





terça-feira, 21 de março de 2017

IMAGENS E VÍDEO DA GALA "JANTAR DE REIS" - GUIMARÃES 2017

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.

Foto de JANTAR DE REIS.



Esta Gala anual organizada pela APAM e pelo Instituto Preste João este ano recebeu as Casas Reais do Havai e do Ruanda.
Contou também com as especais actuações da Princesa Owana Salazar, artista premiada com vários Grammys, acompanhado do seu filho, o Príncipe Noa.

Imagens e Realização de Carlos Casimiro