25º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DE VISEU

25º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DE VISEU

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

O VERDADEIRO SIGNIFICADO DE "PORTUGUÊS" NA ÁSIA

Foto de Nova Portugalidade.

Quando os europeus chegaram ao Oriente, receberam os exónimos (1) genéricos de Feringi (Índia), Farang (Sião), Ferengi (península Malaia) ou Falangxi (China), supostamente importados do árabe Frank (Franco), remetendo para o período das cruzadas cristãs na Terra Santa. Depressa, porém, ao exónimo – que ainda hoje se mantém e se traduz hoje por estrangeiro branco – juntaram-se outros adjectivos, uns de carga pejorativa, outros procurando caracterizar com maior precisão os forasteiros de tez clara vindos dos mares ocidentais: Bengali Puthe (brancos de Bengala) e Nasrani (Nazarenos) e Serani entre os malaios, Gwailo (fantasmas) para a língua cantonense, Nanbanjin (bárbaros do Sul) para os japoneses.

A definição dos etnónimos(2) das comunidades luso-descendentes é surpreendente, pois tendeu a unificar-se num só adjectivo que exprimia, para o grupo e para os seus vizinhos, o modo de ser e a origem do grupo: eram, ou passaram a ser, apenas, Portugueses, sinónimo de católico.

Miguel Castelo-Branco

(1) Exónimos: são nomes estrangeiros para nomes próprios, especialmente topónimos e grupos étnicos.
(2) Etnónimos: nomes de povos, tribos, castas, comunidades políticas ou religiosas que possam ser entendidos num sentido étnico.


Para saber mais:
a) Margaret Sarkissian, D'Albuquerque's children: performing tradition in Malaysia's Portuguese settlement, Chicago, University of Chicago Press.

b) Howard Federspiel, Sultans, shamans, and saints. Islam and Muslims in Southeast Asia, Chiang Mai, Silkworm Books, 2008

Foto de Joaquim Magalhães de Castro.

Sem comentários:

Enviar um comentário