A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quarta-feira, 27 de julho de 2011

JOSÉ MATTOSO ELEGE S.A.R. O SENHOR DOM DUARTE COMO FIGURA DE PARADIGMA NACIONAL

O Senhor Dom Duarte de Bragança, Drº Paulo Catarino, Dr.ª Margarida Ferreira, directora do Museu de Aveiro, D. António Francisco dos Santos, Bispo de Aveiro, e Prof. Dr.º José Mattoso

José Mattoso diz que “os políticos são incapazes de resolver os problemas”.

Filósofo, místico e referência ética nacional, são três os adjectivos com que definiria esta personagem ímpar da nossa vida cultural. Já foi monge e, perante a perplexidade da vida, considera Deus, como aquele que “preenche todo o vazio e responde a todas as perguntas” e critica acidamente os valores prevalecentes, afirmando: “o domínio da técnica não garante o exercício da sabedoria”.
Embora acreditando nas virtualidades do 25 de Abril, nem por isso, se revê nos seus frutos: “incapazes de resolver problemas relacionados com a organização social e económica, os políticos desenvolveram estratégias de ataque pessoal e de descrédito, que ainda hoje dominam a luta pelo poder”. E elege duas figuras como paradigmas nacionais: Alexandre Herculano e Dom Duarte, não se esquecendo de Camões, “épico” demais para o seu gosto e Fernando Pessoa, que considera “demasiado paradoxal”.

Sem comentários:

Enviar um comentário