TV MONARQUIA PORTUGUESA

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

CEM ANOS DE SUA ALTEZA A SENHORA DONA MARIA ADELAIDE

LER
No próximo dia 31 de Janeiro, S.A. a Senhora Dona Maria Adelaide de Bragança, Infanta de Portugal, completa, se Deus quiser, 100 anos de vida. 

Com efeito, esta neta de S.M. El-Rei D. Miguel I de Portugal, tem dado, ao longo de quase um século de vida, um notável exemplo de tenacidade, coragem e inteligência ao serviço da Fé e da Santa Madre Igreja Católica Apostólica Romana.

A sua tenacidade, clarividência e coragem têm sido qualidades que, ao longo do seu tempo, sempre soube pôr ao serviço de Deus, jamais abdicando da defesa da Fé, mesmo com risco da própria vida.

Pela sua Fé e convicções cristãs esteve duas vezes presa pelos nazis e condenada à morte, quando em plena 2ª Guerra Mundial, os alemães anexaram Viena de Áustria, onde, na altura, vivia.

Pela sua Fé e convicções cristãs foi condenada pelos soviéticos à pena de degredo na Sibéria, quando os Russos ocuparam Viena.

Pela sua Fé e convicções cristãs, durante a mesma Guerra e enquanto não estava presa, foi inexcedível no apoio às vítimas dos bombardeamentos, servindo como enfermeira nos locais e alturas de maior perigo.

Quando teve autorização para viver em Portugal, em 1949, dedicou-se com devoção, alguma irreverência e, sobretudo, muito entusiasmo e criatividade, à acção social de combate à pobreza e apoio aos desfavorecidos. Criou e foi Presidente da Fundação D. Nuno Álvares Pereira, em Porto Brandão, onde ajudou e acompanhou centenas de crianças e famílias.

Por tudo o que a Senhora Infanta Dona Maria Adelaide representa como católica e combatente não temos qualquer dúvida que constituirá um raro exemplo e uma extraordinária referência para todos os católicos e, sobretudo, para a nossa juventude.

Como se aguarda uma grande afluência de participantes nas celebrações, chama-se a atenção, de acordo com o anúncio em anexo, para a necessidade urgente de inscrição para o jantar. Com efeito, face à limitação do espaço onde se realizará o jantar, ter-se-á de respeitar a ordem de inscrições as quais deverão ser feitas para o endereço electrónico commenda.ccb@cerger.com, até ao dia 27 de Janeiro, às 12.00, através do comprovativo de transferência bancária para o NIB: 0007 0023 0057 6270 00796, mencionando o/s nome/s da/s pessoa/s a que se refere.  

O controle de acesso ao jantar é efectuado através da apresentação da cópia do comprovativo de pagamento ou do e-mail de confirmação de reserva".

Sem comentários:

Enviar um comentário