A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

A ÚLTIMA NETA DE UM REI QUE ESTÁ VIVA, FAZ HOJE 100 ANOS!

Sua Alteza Sereníssima Dona Maria Adelaide Manuela Amélia Micaela Rafaela de Bragança van Uden, nascida em 31 de Janeiro de 1912, em St. Jean de Luz (França). Foram padrinhos de Baptismo El-Rei Dom Manuel II e S.M., A Rainha Dona Amélia.
 
É a diferentes títulos, uma Senhora excepcional, uma Princesa que pautou toda a sua existência pelo serviço e a doação aos outros.

A última filha de Dom Miguel II e neta d'El-Rei Dom Miguel I, viveu sempre tão perigosamente e desagradando mesmo a alta sociedade portuguesa que a considerou sempre pouco adequada a uma pessoa da sua condição, que o seu depoimento tem obrigatoriamente um peso exemplar, pelo humanismo e coragem. “Dona Maria Adelaide de Bragança, a Infanta Rebelde”, presenciou duas guerras mundiais e participou activamente na resistência contra os nazis. Foi presa e condenada à morte por fuzilamento. Salazar interveio e reclamou a libertação da Infanta presa, concedendo-lhe passaporte diplomático.

É nessa atmosfera de fim de guerra que conhece o médico holandês Nicolaas van Uden com quem viria a casar.

No pós-guerra, com o fim do banimento do ramo miguelista, veio para Portugal já casada e aqui deixou uma obra de solidariedade e assistência digna de nota. Criou a Fundação D. Nuno Álvares Pereira, de apoio a mães pobres em fim de gravidez e às crianças até à puberdade, que desapareceu a seguir à revolução de Abril.

"(...)Ter fé, facilita muito o fim da vida". - Dona Adelaide de Bragança van Uden

São estas as pessoas, de actos e não só de palavras, que salvam a humanidade. São estas pessoas que merecem subir aos altares dos que crêem e aos pedestais daqueles que não crêem. A Infanta Dona Adelaide, cujo aniversário centenário se celebra hoje, é merecedora da nossa humilde e insignificante gratidão. Será, talvez, a mais Importante Portuguesa viva. Ao pé dela, milhões de "misseiros" e "água-benteiros" não passam de caricaturas. A Infanta é, exactamente, a Imitação de Cristo.

Os meus sinceros parabéns minha Senhora por este século de vida, que Deus a guarde e Lhe conceda muita saúde e muitas alegrias!



Chegar aos 100 anos de Vida - e que Vida!!! - não é para todos. Pelo Exemplo de abnegação, coragem e entrega aos outros, colocando-se sempre em último lugar, Sua Alteza Serenissima, a Senhora Dona Maria Adelaide de Bragança Van Uden, Infanta de Portugal, Neta de El-Rei Dom Miguel I e Tia de Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança e Herdeiro do Trono de Portugal, merece da minha parte, não só como Monárquico, mas sobretudo como Português, um enorme motivo de Orgulho em poder partilhar a minha Felicidade neste dia Histórico, e único nas nossas Vidas. Que Deus abençoe a Nossa Querida Infanta, Grande Senhora de Portugal, Dona Maria Adelaide!

Hoje também temos que celebrar a Vitória Monárquica no Porto, contra uma Tentativa de proclamação da república a 31 de Janeiro de 1891. Foi a Vitória do Estado de Direito que era a Monarquia contra tentativas de subversão do Estado. Pelo que hoje, é um dia claramente Monárquico! Hoje é o primeiro de muitos dias Monárquicos, até à Vitória Final! MAS MAIS UMA VEZ, VIVA A NOSSA INFANTA DONA MARIA ADELAIDE! VIVA A MONARQUIA ! VIVA PORTUGAL!


A Real Associação da Beira Litoral deseja à Sua Alteza A Senhora Dona Maria Adelaide de Bragança tudo de bom com muita Saúde, Felicidade e Alegria. VIVA S.A. A INFANTA D. ADELAIDE! 
VIVA O REI! VIVA PORTUGAL!

Sem comentários:

Enviar um comentário