A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

segunda-feira, 6 de junho de 2022

ATAQUE CONTRA A MINORIA CATÓLICA LUSO-DESCENDENTE NA ANTIGA BIRMÂNIA

Ataque contra a minoria católica luso-descendente dos Bayingyi, em Myanmar (antiga Birmânia)
A CAUSA REAL manifesta enorme preocupação pelas notícias que nos chegam de Myanmar (antiga Birmânia), pais no qual no passado dia 20 de Maio se verificou mais um ataque contra a minoria católica luso-descendente dos Bayingyi, a qual não ficou a salvo da forte atividade militar que se seguiu ao golpe de Estado de 01 de Fevereiro de 2021 e que vem incendiando o território desde então, matando e aprisionando civis indiscriminadamente.
Desviadas que estão as atenções para a guerra na Ucrânia, o regime autoritário birmanês prossegue, impunemente, a sua repressão sobre as forças democráticas afastadas do poder, bem como sobre quaisquer civis que se oponham ao governo da Junta Militar, esta agora também centrada na perseguição da minoria católica luso-descendente, que, de forma mais ou menos ostensiva, foi sempre oprimida pelas forças do regime militar no passado.
Os Bayingyi são uma comunidade católica minoritária, inserida no enorme país budista que é o Myanmar, a antiga Birmânia e nele radicados desde há cinco séculos, sendo descendentes de mercenários portugueses que, entre os séculos XVI e XVII estiveram ao serviço de monarcas birmaneses como artilheiros e soldados nos seus exércitos. Dispensada a sua participação militar no exército real, a comunidade dos Bayingyi viria a ficar concentrada numa área geográfica específica da Birmânia, no vale do Rio Mu, onde lhe foi concedido manter a fé católica e viver de acordo com as suas tradições.
Actualmente, é na mesma área, distribuída por cerca de 13 aldeias, que os Bayingyi subsistem. Na fisionomia de muitos ainda se reconhecem os traços distintivos caucasianos. Nos nomes e apelidos inscritos nos registos paroquiais são vários os de origem portuguesa. São maioritariamente camponeses, mas muitos mantêm a tradição açougue, herdada dos seus antepassados lusos, o que se torna uma atividade distintiva entre uma população budista de hábitos vegetarianos. No entanto, é a prática do catolicismo o seu maior elemento distintivo como comunidade, seguindo o calendário litúrgico, visitando as suas igrejas, organizando as suas procissões e rituais.

Sem comentários:

Enviar um comentário