28.º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DO PORTO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

sexta-feira, 28 de abril de 2017

5ª ROMARIA DE SÃO NUNO DE SANTA MARIA

Romaria de São Nuno de Santa Maria

São Nuno de Santa Maria estará em destaque na quinta edição da romaria que se realiza em sua honra de 28 a 30 de Abril em Cernache do Bonjardim. A Cerimónia Militar com as relíquias de Nuno Álvares Pereira, os cortejos, as recriações históricas, os concertos, a eucaristia e o mercado com produtos locais, são alguns dos pontos altos da romaria.
Promovida conjuntamente pela Câmara Municipal da Sertã e pela União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, esta romaria pretende perpetuar a memória e o legado de Nuno Álvares Pereira, nas diferentes vertentes da sua vida enquanto homem, guerreiro e santo. Natural de Cernache do Bonjardim, constitui exemplo ímpar de dedicação à Igreja e aos mais necessitados, nos seus últimos anos de vida, e de estratega, guerreiro e defensor de Portugal.
O programa inicia-se no dia 28 de Abril, sexta-feira, às 22 horas com o concerto da Banda Militar do Exército, na Igreja do Seminário das Missões em Cernache do Bonjardim. No dia seguinte, 29 de Abril, sábado, às 10h15m terá lugar a recepção das entidades oficiais na sede da União de freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, a que se seguirá o momento do descerramento do busto em memória de Diamantino Calado Pina, antigo Presidente da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais.
Às 11 horas, terá lugar a Cerimónia Militar presidida por General Chefe do Estado-Maior do Exército, junto à estátua de D. Nuno Álvares Pereira: inicia-se com Guarda de Honra a Alta Entidade, chegada das relíquias de Nuno Álvares Pereira, seguindo-se a cerimónia de homenagem aos mortos, com deposição de Coroas de Flores, evocação histórica e alocução do Presidente da Câmara Municipal da Sertã, finalizando com o desfile militar. Refira-se que as relíquias de Nuno Álvares Pereira virão sob escolta militar diretamente da Igreja do Santo Condestável, em Lisboa. A sua chegada será um momento solene, visto que passou mais de meio século desde a vinda a Cernache do Bonjardim, em 1960, por ocasião das Comemorações Condestabrianas.
Às 13 horas, decorrerá a animação de rua e, cerca das 14 horas, terá início a Recriação Histórica alusiva a Nuno Álvares Pereira, que acontecerá em quatro momentos e quatro locais distintos: Capela de Nossa Senhora dos Remédios, Cruzeiro do Outeiro da Lagoa, Igreja do Nesperal e Cernache do Bonjardim.
Às 18 horas tem continuidade a animação de rua e o início da decoração do Mural em Honra de Nuno Álvares Pereira.
Às 22 horas, a Igreja do Seminário das Missões acolhe o Concerto de Fado Lírico com as vozes de Carlos Guilherme, Teresa Tapadas e Filipa Lopes, acompanhados ao piano por Pedro Vieira de Almeida.
No domingo, 30 de Abril, às 6h30m, partirá da Alameda da Carvalha, na Sertã um grupo de peregrinos em direcção a Cernache do Bonjardim. Dinamizada pela Academia Sénior da Sertã, esta caminhada é aberta à população de todas as idades e não carece inscrição. O seu percurso irá passar pelo Cruzeiro do Outeiro da Lagoa, Igreja Matriz do Nesperal, finalizando em Cernache do Bonjardim. Ao longo do percurso, quem se cruzar com os peregrinos será naturalmente convidado a juntar-se à caminhada.
Às 9h30m, as artérias da Vila de Cernache do Bonjardim serão percorridas pela arruada da Associação os Tambores de Casal da Madalena. Às 10 horas terá início o cortejo religioso, seguido pela Eucaristia com Guarda de Honra ao Altar na Igreja do Seminário das Missões.
Às 13 horas, as Relíquias de Nuno Álvares Pereira iniciam o percurso de regresso a Lisboa. Às 14 horas terá continuidade a animação de rua, seguida pelo 34.º Festival de Folclore do Rancho Folclórico e Etnográfico de Cernache do Bonjardim. O Mercado Municipal de Cernache do Bonjardim acolherá os concertos de Key-Love às 21 horas e Zézé Fernandes às 22 horas.
Figura indelével da História de Portugal, Nuno Álvares Pereira nasceu em 1360, nos Paços do Bonjardim, em Cernache do Bonjardim, Concelho da Sertã. Filho de D. Álvaro Gonçalves Pereira e Iria Gonçalves, Nuno Álvares Pereira foi nobre, guerreiro e carmelita e apoiou as pretensões de D. João Mestre de Avis (D. João I) à coroa, tendo desempenhado um papel decisivo durante a crise de 1383-1385: as vitórias nas batalhas de Atoleiros, Aljubarrota e Valverde garantiram a consolidação da independência portuguesa face ao reino de Castela.
Após o falecimento de sua esposa, Nuno Álvares Pereira ingressou na Ordem dos Carmelitas em 1423, no Convento do Carmo que mandara construir em Lisboa, para cumprir um voto. Tomou o nome de Irmão Nuno de Santa Maria. Faleceu a 1 de Novembro de 1431. Foi beatificado em 1918 pelo Papa Bento XV e canonizado a 26 de Abril de 2009 como São Nuno de Santa Maria pelo Papa Bento XVI, em Roma.

Sem comentários:

Enviar um comentário