UMA SANTA PÁSCOA PARA TODOS!

UMA SANTA PÁSCOA PARA TODOS!

LEI DO PROTOCOLO DO ESTADO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

ILC CONTRA O (DES)ACORDO ORTOGRÁFICO

Vídeo de apresentação da Iniciativa Legislativa de Cidadãos Contra o Acordo Ortográfico.
«O Acordo Ortográfico é objectivamente um atentado contra a estabilidade do património cultural textual de Portugal e contra a qualidade do ensino do português língua materna: os seus proponentes prestaram um mau serviço ao país e à língua. Importa, enquanto é tempo, impedir a sua aplicação (nem que seja através de um novo protocolo modificativo), e proceder à sua revisão através da consulta de organismos, instituições e personalidades idóneas da sociedade civil, das universidades e dos diversos sectores profissionais directamente relacionados com o uso da língua portuguesa escrita EM PORTUGAL.»
António Emiliano em Foi você que pediu um acordo ortográfico?

A todos os que ainda não tomaram conhecimento da existência de uma forma capaz de reverter o enorme erro e atentado que representa o novo (des)acordo ortográfico para a nossa língua, cultura e soberania, voltamos a lembrar a existência da Iniciativa Legislativa de Cidadãos (ILC) Contra o Acordo Ortográfico.
Por favor, redescubra a utilidade do seu cartão de eleitor. Seja um português consciente e participe na defesa da sua língua e da sua cultura. 
Para mais informações visite http://ilcao.cedilha.net ou www.portuguespt.com.

Estreita-se o cerco ao infame (des)acordo ortográfico, multiplicando-se diariamente as várias frentes de batalha nas quais este mal é combatido pelos mais conscientes e esclarecidos utilizadores ou amantes da língua de Camões. São cada vez mais as pessoas a aderirem aos vários movimentos de contestação, defendendo a revogação do novo (des)acordo ortográfico, o que só pode ser interpretado como um redespertar da consciência do dever cívico, cultural e patriótico.

A mais recente plataforma criada para nos auxiliar nesta demanda intitula-se Protesto de Estudantes Contra o Acordo Ortográfico e visa reunir assinaturas de todos os estudantes, oriundos dos mais diversos graus de ensino, oponentes à degradação do ensino que este acordo promove de forma parasitária.

Fica uma vez mais feita a divulgação, pedindo-se aos nossos assíduos leitores, bem como aos visitantes esporádicos que abracem esta causa da defesa da língua portuguesa, divulgando-a e participando activamente nas várias iniciativas.
(Clicar na imagem para aceder ao formulário do protesto.)
«Este protesto é para os jovens que querem impedir esta ofensa à Língua Portuguesa, que é o seu principal instrumento de trabalho.»


Pergunta: Posso continuar a escrever como aprendi na escola?
Resposta: Sim. O utilizador da língua pode optar por utilizar a nova ortografia ou não, uma vez que não pratica qualquer ilícito contravencional. Manter a ortografia aprendida na escola não tem qualquer consequência legal, mesmo após o período de transição de 6 anos previsto legalmente.
(Transcrição do essencial da resposta avançada em www.priberam.pt/docs/NovaOrtografia.pdf)

A palavra de ordem é desobedecer!


2 comentários:

  1. Sou brasileiro de nascimento e português de sangue. Pelos meus bisavós, tanto por parte de mãe quanto de pai. Por isso e por ser monarquista, tendo tido nós no Brasil um primeiro Imperador, português de nascimento, um guerreiro, nosso "Imperador Militar" Pedro I, e após, Pedro II que pelo seu amor à ciência foi nosso "Imperador Cientista", esse brasileiro de nascimento. Desejo sucesso em sua luta para a restauração da Monarquia em Portugal. É uma questão de justiça e direito.

    Murilo Cesar Luiz Alves
    brasilimperial.zip.net

    ResponderEliminar
  2. Parabéns pelo blog ! Eu também sou brasileiro monarquista e desejo sucesso a vocês nessa luta !

    ResponderEliminar