25º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DE VISEU

25º ANIVERSÁRIO DA REAL ASSOCIAÇÃO DE VISEU

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

sábado, 23 de abril de 2011

SÃO JORGE, PADROEIRO DE PORTUGAL


São Jorge (275 - 23 de abril de 303). É o santo padroeiro em diversas partes do mundo.


Padroeiro de Portugal: Pensa-se que os Cruzados ingleses que ajudaram o Rei Dom Afonso Henriques a conquistar Lisboa em 1147 terão sido os primeiros a trazer a devoção a São Jorge para Portugal. No entanto, só no reinado de Dom Afonso IV de Portugal que o uso de "São Jorge!" como grito de batalha se tornou regra, substituindo o anterior "Sant'Iago!". O Santo Dom Nuno Álvares Pereira, Condestável do Reino, considerava São Jorge o responsável pela vitória portuguesa na batalha de Aljubarrota. O Rei Dom João I de Portugal era também um devoto do Santo, e foi no seu reinado que São Jorge substituiu Santiago como padroeiro de Portugal. Em 1387, ordenou que a sua imagem a cavalo fosse transportada na procissão do corpo de Cristo.

3 comentários:

  1. Caro Senhôr , por muito que eu queira a MOnarquia de volta (não sei se será dentro da Casa de Bragança ou se recomeçará numa nova Dinastia , como acontecêu com D João I , embora, muito pessoalmente me incline para esta última hipótese), não concordo , de maneira nenhuma que "S Jorge" , um "santo" que nunca existiu (um mito puramente anglosaxónico por isso estrangeiro a Portugal)seja o "padroeiro" de Portugal , só a partir de D João I e do Santo Condestável , imortais Personagens da nossa Gloriosa História e que eu muito Amo , mas dos quais humildemente discordo (nêste caso) .Portugal sempre têve como Padroeiro Santiago , e percêbo porque escolheram , naquela altura crítica para Portugal , o "s.jorge" .
    Por reacção a Santiago , padroeiro do lado Castelhano , adoptou-se o grito de guerra dos inglêses que lutaram ao lado das nossa hostes em Aljubarrota , mas isso , não obriga aque aceitemos cegamente tudo o que os nossos Maiores nos transmitiram . Nêste caso , e para mim , julgo sêr o único caso em que não concordo com os nossos Maiores , S Miguel é que é , foi e sempre será o Padroeiro e o Anjo Protectôr de Portugal , tal como SE manifestou em Fátima ao anunciar a descida de Nossa Senhôra .Não há nenhum registo histórico , não só em Portugal como em Inglaterra , sôbre algum tipo de manifestação de "s.Jorge" , simplesmente porque não existe .Como é possível , portanto , que entreguêmos a Protecção de Portugal a um mito , algo inexistente , quando têmos o Anjo de Portugal , o Arcanjo Poderosíssimo S Miguel , o Nosso Verdadeiro e Real Padroeiro e Protectôr , já para não falar na Nossa Senhôra , a Mãe de Dêus e Nossa Querida Mãe , Rainha dos Céus , e que tem tôda uma relação Maravilhosa com os Sêus Arcanjos e em especial com S Miguel por sêr o maior entre os Anjos ?
    Aliás , também não é por acaso que existe a Preciosa e Maravilhosa Ordem de S Miguel da Ala como instituição do nosso Amado Rei Fundadôr D Afonso Henriques .
    Por estas e por tôdas as Razões não só não aceito tal absurdo ("sjorge" padroeiro de Portugal)como afirmo sem nenhuma dúvida a sua pura e simples INEXISTÊNCIA .
    Dêus , Pai , Filho e Espírito Santo É ! A Nossa Rainha dos Céus e da Terra , Mãe , Santíssima , Padroeira e Protectôra de Portugal É ! S MIguel Arcanjo , Padroeiro e Protectôr de Portugal dêsde Tempos imemoriais É !
    "s jorge" , não É !E contra Factos , não há mito que resista !

    Dêus Salve Portugal! Nossa Senhôra Salve Portugal ! S Miguel Arcanjo Proteja Portugal nesta Hora de Crise profunda !
    Mas , como disse um dos grandes Vates de Portugal :
    NEVOEIRO

    Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,
    Define com perfil e ser
    Este fulgor baço da terra
    Que é Portugal a entristecer —
    Brilho sem luz e sem arder,
    Como o que o fogo-fátuo encerra.

    Ninguém sabe que coisa quer.
    Ninguém conhece que alma tem,
    Nem o que é mal nem o que é bem.
    (Que ânsia distante perto chora?)
    Tudo é incerto e derradeiro.
    Tudo é disperso, nada é inteiro.
    Ó Portugal, hoje és nevoeiro...

    É a Hora!

    E também disse :

    O INFANTE
    Deus quere, o homem sonha, a obra nasce.
    Deus quiz que a terra fosse toda uma,
    Que o mar unisse, já não separasse.
    Sagrou-te, e foste desvendando a espuma,


    E a orla branca foi de ilha em continente,
    Clareou, correndo, até ao fim do mundo,
    E viu-se a terra inteira, de repente,
    Surgir, redonda, do azul profundo.


    Quem te sagrou creou-te portuguez.
    Do mar e nós em ti nos deu signal.
    Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez.
    Senhor, falta cumprir-se Portugal!

    SENHÔR , FALTA CUMPRIR-SE PORTUGAL
    Esta É a Hora !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo em Absoluto! Não se pode acreditar em tudo o que se lê hoje em dia.

      Eliminar
  2. eu so sigo o meu Rei e Senhor D.Afonso Henriques,e pessoalmente,o "rei q foi e SERA".
    ele provou q podia e tomar as redeas do seu destino e, consequentemente, as da nacao.
    e o senhor,o q fez ate hoje?...

    ResponderEliminar