A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

O ENCOBERTO

O encoberto 

Dom Duarte! Teu nome é consagrado
Por um Rei que foi sábio e foi prudente!
Outro nome: Dom Nuno, lembra à gente
Aquele que é Santo e foi Soldado!
Duarte Nuno! – Se estás ajoelhado,
Invocando o saber do Eloquente,
Põe-te a pé, - Condestável!… é urgente
Empunhar o estoque alevantado.
Teu corpo, tem a Pátria por cilício,
Teu sangue, gota-a-gota, é refrigério
P’r’o incêndio do nosso sacrifício
Que se ateia na Ilha do Mistério!
- O nevoeiro sobe ao céu propício…
Imperador! – Somos o teu Império!

In “Um Soneto – Respeitosa Homenagem a Um Só Neto” pelo Conde de Alvellos, Francisco Perfeito de Magalhães e Menezes, Segunda Tiragem, Porto, 1944

Sem comentários:

Enviar um comentário