POR PORTUGAL!

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

A POPULARIDADE DAS MONARQUIAS


A Monarquia Constitucional Parlamentar apresenta-se como um modelo tão funcional nos Países Europeus e Japão que regista um Alto Índice de Popularidade:
 
. Reino Unido: 78%
. Holanda: 75%
. Dinamarca: 77%
. Espanha: 54%
. Bélgica: 70%
. Luxemburgo: 70%
. Mónaco: 70%
. Noruega: 80%
. Liechtenstein: 70%
. Suécia: 70%
. Japão: 82%
 
Tendo em atenção a exigência que os povos destes países supracitados estabelecem em relação aos seus sistemas de governo, não é de somenos importância a análise de índices tão altos de popularidade do regime da Monarquia Constitucional Parlamentar, seja ela não executiva ou executiva.
 
Também demonstra que a propaganda de que a popularidade deste sistema de governo está em queda não passa de uma mentira mal-intencionada que pretende fazer o trabalho das agendas das minorias separatistas e interesseiras que existem nalguns reinos.
 
De facto, a Monarquia contribui para a estabilidade, porque um Rei independente de calendários políticos e das mudanças na política partidária, funciona como um símbolo de união. Isso influiu no progresso das instituições, que, auxiliadas pelo Rei, tornam as suas intenções livres da nebulosidade e da suspeita.
 
Com a figura do Rei que exprime a virtude da dedicação ao bem comum e, como tal, incapaz de iludir os cidadãos da Nação, a Comunidade vai fazer repercutir nas instituições democráticas essa ordem.

Fontes: The Guardian; Daily Telegraph; Global Post
 

Sem comentários:

Enviar um comentário