A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

A RAINHA DE PORTUGAL, QUE OS PORTUGUESES NÃO CONHECERAM





Augusta Vitória Guilhermina Antónia Matilde Luísa Josefina Maria Isabel de Hohenzollern-Sigmaringen (Potsdam, 19 de Agosto de 1890 — Eigeltingen, 29 de Agosto de 1966) foi a consorte do último Rei de Portugal, D. Manuel II.
Augusta Vitória era a única filha do príncipe Guilherme de Hohenzollern-Sigmaringen e da princesa Maria Teresa de Bourbon-Duas Sicílias.
No dia 4 de Setembro de 1913, em Sigmaringen, ela casou-se com D. Manuel II,  que era seu primo de segundo grau, pois ambos eram bisnetos da rainha D.ª Maria II, sendo Augusta Vitória neta da infanta D. Antónia de Bragança.
Como o rei estava exilado na Inglaterra e como a monarquia havia sido formalmente abolida em Portugal, D.ª Augusta Vitória nunca recebeu oficialmente o título de rainha, embora, mesmo no exílio na Inglaterra, fosse assim tratada pelos monárquicos.
Seu casamento com D. Manuel II não gerou descendentes.
Em 23 de Abril de 1939, D.ª Augusta Vitória, aos quarenta e oito anos, casou-se com o conde Karl Robert Douglas, natural de Constança, Suíça. Douglas, que completaria cinquenta e nove anos no dia seguinte ao matrimónio, era divorciado de Sofie von Fine Blaauw. O segundo casamento também não teve descendência, e ela ficou, novamente, viúva em 1955.
Faleceu aos setenta e seis anos de idade, em Münchhof, em Eigeltingen. Seu corpo foi sepultado no castelo de Langenstein, propriedade da família Douglas em Hegau.










2 comentários:

  1. ONDE PARA ESSE DIADEMA COM AS CRUZES DE CRISTO QUE D. AUGUSTA VICTÓRIA ESTÁ A USAR NO SEU RETRATO E O CONJUNTO DE JOIAS GARGANTILHA E BRINCOS?

    ResponderEliminar
  2. Saiba Dom Duarte que este brasileiro ama de Portugal a alma e a essência!

    ResponderEliminar