A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO

A CAUSA REAL NO DISTRITO DE AVEIRO
Autor: Nuno A. G. Bandeira

Tradutor

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

FEZ-SE JUSTIÇA. VAMOS COMEMORAR!

Via Facebook: Acto de Justiça: o Senhor Presidente da Republica acaba de assinar o despacho em que atribui à Senhora Infanta Dona Adelaide de Bragança em véspera do seu centenário, a condecoração de Grande Oficial da Ordem do Mérito. Antes tarde que nunca!

Recebo esta notícia com grande satisfação. Depois de ter lido a Biografia da Senhora Infanta Dona Maria Adelaide de Bragança Van Uden, de facto, estamos em presença não só de uma Princesa, mas acima de tudo, de uma Grande Senhora que lutou toda a sua vida contra as injustiças. Mérito a quem merece!

E digo mais! O exemplo vem sempre de cima e de facto, a nossa Infanta Centenária, neta do Rei Dom Miguel I, pelo seu exemplo de serviço desinteressado aos outros, é um exemplo que a nós Monárquicos cada vez mais deve servir de inspiração na luta por um Portugal melhor.

Confesso que não conhecia muito bem a História de Vida desta Grande Senhora, que é Infanta de Portugal e única neta ainda viva do Rei Dom Miguel I, até ter lido o livro de Raquel Ochoa “D. Maria Adelaide de Bragança – A Infanta Rebelde”, e devo dizer que fiquei deveras surpreendido pela forma extraordinária como a Nossa Princesa, encarou sempre a vida. Preocupando-se sempre com os outros acima de tudo. Tinha a consciência de ser Princesa, mas isso nunca significou se sentir superior a ninguém. Lidou tão bem com Comunistas como lidou com Conservadores. Mas aqui nem está em causa as ideologias políticas de ninguém em particular. Está aqui presente no livro “uma História singular de dedicação aos outros.”

Cabe a nós Monárquicos, então, comemorarmos no próximo dia 31 o Centenário da Nossa Senhora Infanta, e agradecer a Deus por podermos partilhar um pouco deste momento Histórico único nas nossas vidas.

Fez-se justiça. Esta condecoração vinda da Presidência da República é acima de tudo uma Condecoração que ultrapassa, a meu ver, a questão Monarquia vs República. É acima de tudo, uma Condecoração Nacional. Estou certo que esta Condecoração poderá servir para que os Portugueses que não conheçam a nossa Infanta Rebelde, a possam conhecer melhor, espero com mais publicações sobre a Vida desta extraordinária Senhora, Princesa, Infanta de Portugal.

Aqui vão os pormenores do Aniversário da Senhora Infanta Dona Maria Adelaide de Bragança Van Uden, Infanta de Portugal, Tia Paterna de Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte, Duque de Bragança e Chefe da Casa Real Portuguesa:

PROGRAMA – 31 de Janeiro de 2012

- 18h45m – Missa de Acção de Graças na Igreja do Bom Sucesso, Rua Bartolomeu Dias, 53 - Pedrouços. A Santa Missa é presidida pelo Senhor Bispo de Beja;

- 20h15m – Jantar de Homenagem no Centro Cultural de Belem;
Inscrições: Envio de comprovativo de Transferencia Bancária para o NIB 0007 0023 0057 6270 00796 para o seguinte endereço de e-mail : commenda.ccb@cerger.com até ao dia 27 de Janeiro às 12.00h mencionando o nome das pessoas a que correspondem.

Informações: 21 362 75 27 ou 92 597 98 36

Atenção : Face à limitação do espaço será respeitada a ordem de inscrição.

Preço do Jantar: 20,00 €

Programa e reservas aqui

Viva a Infanta de Portugal!
 David Garcia em Real Portugal

O Presidente condecora a Infanta


Nunca lhe importaram as honrarias, as festas e as fatiotas brilhantes de lantejoulas. Não é uma republicana dos esquemas angariadores de prebendas e distinções traduzidas em farta manjedoura.

Cavaco Silva cumpriu hoje a sua obrigação, precisamente nas vésperas do centésimo aniversário da Infanta D. Maria Adelaide. Mais vale tarde que nunca.

Ordem de Mérito, uma Ordem republicana, quase uma capitulação. Muito pior teria sido se tivesse conferido uma daquelas outras e de sonoro nome, mas ignominiosamente mutilada em 1910. Houve inteligência, como convém. 

Sem comentários:

Enviar um comentário